11 de novembro – Dia de S. Martinho

Neste dia de S. Martinho, uma das celebrações que marcam o outono, manda a Tradição comer castanhas assadas a acompanhar com a bela da água-pé (vinho novo produzido com a colheita do verão anterior), e até mesmo em certos lugares, matar-se um porco e plantar-se o cebolinho

A Lenda de São Martinho

Reza a lenda que Martinho, um valoroso soldado romano, num dia tempestuoso, estava a caminho da sua terra natal, quando viu um mendigo quase nu, tremendo de frio, que lhe estendia a mão suplicante. Cheio de compaixão e sem hesitar, parou de imediato o cavalo, poisou a sua mão carinhosamente na do pobre e, em seguida, com a espada cortou ao meio a sua capa de militar, dando metade ao mendigo. Após retomar o seu caminho, a tempestade desapareceu, o frio parou e um sol radioso iluminou e aqueceu a terra. Diz-se que esta foi a forma de Deus recompensar a bondade praticada pelo Santo e todos os anos, nessa mesma época, cessa por alguns dias o tempo frio e o céu e a terra sorriem com a bênção dum sol quente e miraculoso.” E assim nasce o Verão de São Martinho!

Curiosidades – leia e leve

Sabia?

Há várias variedades de castanhas protegidas, como as castanhas dos Soutos da Lapa, da Padrela e da Terra Fria (Trás-os-Montes) e da Castanha de Marvão, da região de Portalegre (Alentejo).

É Muito nutritiva, com muitas vitaminas e sais minerais e incrivelmente versátil na culinária, é um excelente acompanhamento para pratos de porco entre outros.

É hábito na véspera e no próprio Dia de São Martinho o tempo melhorar e o sol brilhar, tal como sucedeu com São Martinho – É o chamado Verão de São Martinho!

Guarda Provérbios – Leia e Leve

Martinho bebe o vinho, deixa a água para o moinho
No dia de S. Martinho, fura o teu pipinho
No dia de S. Martinho, comem-se castanhas e bebe-se vinho
No dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho
No dia de S. Martinho, vai à adega e prova o teu vinho
Pelo S. Martinho castanhas assadas, pão e vinho
Pelo S. Martinho nem nado nem no cabacinho
São Martinho, bispo; São Martinho, papa; S. Martinho rapa
No dia de S. Martinho com duas castanhas se faz um magustinho.

Convívio com a palavra – Poetize, leia e leve

Castanhas quentinhas
No lume a estalar
Pelo São Martinho
Vou comer até me fartar.
Contigo, Outono,
vem o S. Martinho;
fazem-se magustos,
ó trrim, tim, tim e prova-se o vinho.
Castanhas, castanhas assadinhas com sal,
Quentinhas, quentinhas, não te façam mal!
Salpicam, crepitam, toma lá, dá cá
Martinho sem vinho e castanhas não há!
No Dia de S. Martinho,
em Portugal, é tradição
comer castanhas e beber vinho,
para nos aquecer o coração.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s