A nova Faculdade de Economia da Nova!

Inauguração da Nova SBE

A 29 de setembro foi inaugurado com “pompa e circunstância” o “campus” de Carcavelos, em Cascais, a nova Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa – a Nova School of Business and Economics (Nova SBE).

Um projeto que contou com alguns anos de existência e só foi possível a sua concretização com a realização de uma colossal campanha de angariação de fundos que permitiram financiar a edificação da Nova SBE.

Foi largamente noticiada pela comunicação social a cerimónia de inauguração que contou com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, entre outros convidados ilustres do mundo político, académico e económico, tendo condecorado a Nova SBE com o título de membro honorário da Ordem da Instrução Pública.

Este foi o slogan com que o presidente da Câmara de Cascais concluiu a sua intervenção “Viva a Nova SBE, viva Carcavelos, viva Cascais, viva Portugal”.

O nosso “olhar” passou por lá

A equipa hucilluc no dia seguinte respondeu à chamada e compareceu no local para “olhar” este lugar único que dá vida a esta universidade, com 46 mil metros quadrados. Grande confusão instalada – camiões a carregar material, uma quantidade imensa de trabalhadores a retirar “lixos”, outros ainda nos acabamentos, muita mas mesmo muita coisa ainda por fazer. Entramos mas o segurança avisou que não estava aberto ao público, só na próxima segunda-feira, e que só se podia tirar fotos da parte exterior. Compreensivamente foi o que fizemos, estavam no rescaldo da cerimónia.

É muito comum ver inaugurações com obras inacabadas. Na verdade a Nova SBE já entrou em funcionamento e como se pode comprovar no local as residências já estão ocupadas com os novos alunos. Mas ainda assim os terrenos limítrofes só tem “terra e pó” e algumas máquinas aí instaladas.

Não queremos ser pessimistas e muito menos alarmistas mas gostaríamos de ter visto uma outra dinâmica – uma Nova SBE em pleno funcionamento mais limpa, mais verde e com os vários espaços que a seu tempo ficarão, sem dúvida, devidamente compostos e acabados – um espaço excecional e moderno.

Ainda assim, congratulamo-nos com este projeto e parabenizamos todos os seus benfeitores que tiveram a audácia de acreditar no mesmo.

 

Et voilá, é uma escola que não parece, foge ao tradicional, está aberta à comunidade em geral e quem lá estuda ou trabalha pode receber as boas energias do mar ali tão próximo, já que goza de vistas privilegiadas sobre o mesmo.

Bom trabalho, boa investigação e bom lazer!!

Também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *