Memórias da minha câmara no interior do Museu Coleção Berardo

Reportagem fotográfica da visita ao Museu Coleção Berardo

Linha, Forma e Cor

Inventar o mundo – Aquilo que não vemos pode, mesmo assim, ser real.” Gerhard Richter

 

 

Obras da Coleção Berardo expostas no Museu   

Fomos ao museu, esse lugar misterioso onde podemos apreciar obras e deixar que as nossas emoções fluam na medida em que olhamos cada uma e deixamos correr a nossa imaginação. Encontrámos um conjunto de obras da Coleção Berardo, de artistas mestres na utilização das formas, das linhas e das cores. Apreciámos as fotografias a preto e branco, expostas que nos deixaram uma memória indelével das cenas retratadas. Fica aqui uma pequena reportagem do imenso que vimos.

A começar pelas cores que estão aqui e ali, à disposição do nosso olhar. As cores fascinam não só os nossos olhos mas também a nossa mente.

20180624_102241

Gostando mais de umas cores do que de outras, elas dão tonalidades ao nosso dia, mais sereno, mais alegre mais agitado, mais feliz, mais ….., uma infinidade de variações de tonalidades. Qual é a sua cor preferida?

O sapato no nosso pé

20180624_110512-e1530809937259.jpg

Os sapatos que inspiram escritores e originam “contos de fada” como o conto da Cinderela que nos faz sonhar ao pensar na magia do sapatinho delicado e cintilante em seu pé.

A imponência da forma, das cores e dos desenhos

20180624_102017.jpg

Esta obra impõe-se à nossa vista pelo seu tamanho, pela forma, pelas cores e desenhos que nela observamos. Na medida em que caminhamos ao seu redor, com diversos pontos de vista nos seus diversos ângulos, apresentam-se diferentes cenários que remetem para imaginários distintos.

Continuando no reino das formas e cores

35544828_2570603189632475_2764246745616482304_n.jpg

Aos tombos entre as esquinas e os círculos, as cores despertam-nos!

35463206_2570602526299208_1794953625697517568_n

Que as cores prevaleçam sobre todo o espaço negro!

Que nada nos prenda física e mentalmente, que a liberdade seja uma realidade para todos!

Abram-se as portas e janelas a todas as mãos que precisam de ajuda e que anseiam por espaço e luz

A natureza e as árvores 

A admiração de quem contempla a natureza e as árvores com as suas formas originais de se mostrarem ao nosso olhar. 

A manter o equilíbrio

Manter o equilíbrio é fundamental ao artista que caminha sobre a corda e a todos nós ao longo do caminho que percorremos na vida.

 

A flutuar no espaço quais borboletas batendo asas

20180624_110648.jpg

A cultura popular baseada no “Efeito Borboleta” diz que o bater de asas de uma borboleta pode influenciar o curso natural das coisas.

Para saber mais sobre a exposição e os autores das obras que aqui apresentamos em fotografias tiradas no local visite o site do Museu Coleção Berardo

Também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *