A arte e outros mundos

Obra de Jorge Rebelo
Publicidade

A arte e outros mundos, nas obras de artistas nossos entrevistados que lhe apresentamos, convidam-nos a refletir sobre o significado e o papel da arte na sociedade. Conforme pode comprovar pelas imagens das obras aqui partilhadas, os artistas apresentam visões da realidade que nos rodeia com uma criatividade espantosa.

Convidamos os nossos leitores a fazerem a sua apreciação das obras que selecionámos sob o tema “A arte e outros mundos”.

Propomos-lhe uma visita guiada por outros mundos criados/imaginados ou reais, seguindo as questões:

  • O que vê quando olha uma obra?
  • Que viagem por outros mundos faz?
  • Que sentimentos lhe desperta a arte?
  • Que memórias ou fantasias lhe despertam?
  • O que significa para si a arte?
  • Qual a importância de descobrir outras visões da realidade?

 

Carlos Saramago
“A arte é liberdade de pensamento, acredito que fará sempre parte da história. Não precisamos perceber de pintura, sente-se que se gosta ou não, arte tem essa obrigação “mexer com os sentimentos”. Todo esse incentivo passa pela educação das crianças. Desde logo cedo, levá-los às exposições, museus, teatros, esse caminho deve ser feito e urgentemente. pois a era dos computadores veio atrapalhar o conceito “artístico físico “.

 

Outros mundos

 

“A arte é liberdade de pensamento, acredito que fará sempre parte da história. Não precisamos perceber de pintura, sente-se que se gosta ou não, arte tem essa obrigação “mexer com os sentimentos”. Todo esse incentivo passa pela educação das crianças. Desde logo cedo, leve-os às exposições, museus, teatros, esse caminho deve ser feito e urgentemente. pois a era dos computadores veio atrapalhar o conceito “artístico físico “.

 

Detalhe da Obra "O AMOR† " de Carlos Saramago
Detalhe da Obra “O AMOR† “

 

Bogdan Dide
“Através do meu estilo, feito de alerta, vou criando imagens de animais e elementos da natureza descritas como espíritos, parecendo fantasmas, dissolvidos numa junção com a natureza, florestas ou gramíneas da vida selvagem.”

 

outros mundos - araras
“Araras-azuis” – (Coleção particular).

 

 

 

Jorge Romão
“A experiência do ato criativo é sempre um rasgão na quotidianidade, que presentifica sentidos até então ocultados. No meu caso, esse rasgar transporta-me para lá do tempo dos calendários, num ímpeto espontâneo e descontrolado. Fora desse quadro de espontaneidade a criatividade está-me vedada.”

 

Outras visões
Ausência

 

 

Jorge Rebelo
“A cor é um elemento fundamental. No realismo não será necessário ter grandes ideias, o nome diz tudo (realismo) não tem criatividade o surrealismo sim é criar, é no meu surrealismo que me identifico, digo meu porque é um pouco diferente do que estamos habituados a ver, o meu não é melhor nem pior, é apenas diferente.”

 

A visão de Jorge Rebelo

 

 

.

Júlio Costa

“… no “trabalhar do conceito”, artisticamente falando, serve a fundamentação das obras que executo.”

“… não interessa se é pintura, escultura, vídeo, interessa a obra na totalidade das suas determinações – unidade do conteúdo e da forma.”

 

 

Dos sonhos que tive
“Dos sonhos que tive, foste o mais belo”

 

 

 

Sugerimos que leia as entrevistas aos artistas aqui referidos, nos links abaixo indicados.

Esteja atento, pois brevemente iremos propor-lhe outra viagem por outros mundos.

Os nossos parabéns e o nosso obrigado aos artistas

 

À conversa com Carlos Saramago … artista plástico

 

À conversa com Bogdan Dide, artista plástico

À conversa com…. Jorge Romão, artista plástico

Jorge Rebelo, artista plástico

À conversa com Júlio F. R. Costa, artista plástico

 

 

 

Também pode gostar

Leave a Reply