À conversa com André e Andreia – O projeto SKIZO by iRcycle

SKIZO by iRcycle é um projeto de André Facote (CEO & Co-Founder) e de Andreia Coutinho (CMO & Co-Founder). Nesta entrevista falam-nos de como o facto de terem sido pais, mudou a sua forma de olhar e interagir com o que nos rodeia. Foi na condição de pais que, preocupados com o legado a deixar, decidem ter uma ação mais ativa na preservação do ambiente.

É nossa responsabilidade deixar um planeta saudável para as gerações futuras!

Descubra a Skizo e inspire-se com este projeto de André Facote e Andreia Coutinho.

 

A SKIZO by iRcycle.

A Skizo foi fundada pelo André e Andreia. André é formado em Gestão, tendo estado sempre ligado à gestão de empresas, de património, tudo o que implica números e contas é praia do André. Ao contrário de Andreia, formada na área de Comunicação, em Jornalismo, adora comunicar, criar conteúdo,…
Apesar de sermos pessoas conscientes acerca da problemática das alterações climáticas e as quantidades de plástico no Oceano, não íamos muito além da reciclagem caseira.

Os plásticos no mar - SKIZO by iRcycle

 

Quando fomos pais a visão a longo prazo mudou, e nasceu a necessidade de termos que fazer algo urgente e deixar outro legado ao nosso filho, um legado que fosse diferente dos estudos que apontam que até 2050, a este ritmo, haverá mais plástico no Oceano do que peixes.

Várias “peças do puzzle” começaram a encaixar. Assistimos ao documentário “Ocean Plastic”, o que nos deixou aterrorizados e mais uma vez a certeza que teríamos que deixar um futuro diferente ao nosso filho. Demos inicio a uma pesquisa intensiva e a uma busca por soluções. Fomos pela primeira vez ao Websummit, em 2018, onde a validação do projeto serviu de arranque para lançarmos a loja online em Março de 2019.

 

Transformar plástico do Oceano em têxtil.

Após um árduo estudo e muita pesquisa percebemos que era possível transformar plástico do Oceano em têxtil. Queríamos ajudar a diminuir o número astronómico de plástico no Oceano e dar vida ao que já não tinha.

Para além de sermos uma marca também somos uma causa, e queremos que o maior número possível de pessoas ajudem a diminuir este problema.

Optamos por usar o nosso têxtil em calçado. Sapatilhas personalizáveis que podem ser usadas por qualquer pessoa, qualquer género, qualquer idade. E uma vez que Portugal é um dos maiores e melhores fabricantes de calçado do Mundo, optamos por criar sapatilhas.

 

As nossas sapatilhas primam pelo conforto, graças à tecnologia usada nas palmilhas que se adaptam à nossa postura, e todos os materiais são de origem não animal, ecológicos e reciclados. Para além disto, não temos stock, fazemos parte do mercado slow fashion, que acreditamos que é o futuro.

Não produzimos em massa e não incentivamos o consumo por impulso.

 

Educar a próxima geração e reeducar a anterior.

O nosso objetivo, desde o início, é paralelamente educar a próxima geração e reeducar a anterior. Mostrar que é possível dar vida ao que já não tinha. Mostrar que apesar de usarmos materiais reciclados eles são de qualidade superior, ao contrário do que muito se pensa.
Questiona-se muito a ligação do sustentável ao estético, e um dos maiores feedbacks assim que vêm as nossas sapatilhas é “mas parecem sapatilhas normais e são muito giros” (risos). Porque os produtos feitos com material reciclado e de uma forma sustentável, não têm que ser esteticamente inferiores a outros nem de menor qualidade, muito pelo contrário.

Aliando ao facto de que escolhemos um design completamente transversal a qualquer estilo e a qualquer pessoa, e cada cliente pode criar a sua própria sapatilha, escolhendo entre materiais, cores e designs.

Nós utilizamos como têxtil o plástico reciclado recolhido dos Oceanos, utilizamos também, para uma maior oferta de cores e texturas, o textil feito a partir de fibra de folha de ananás. As solas são recicladas, e as cor de rosa são feitas a partir de pastilha elástica reciclada. Os atacadores são feitos de algodão.

Plásticos e o poluição no mar - Fisherman6® SKIZO by iRcycle

 

 

Tudo é fabricado em Portugal.

Tudo é fabricado em Portugal por vários motivos e um deles é a qualidade do calçado português reconhecido mundialmente. Claro que a qualidade paga-se, mas nunca optaríamos por fabricar ou importar materiais.

A sustentabilidade é um conjunto de factores, não é somente se usamos ou não materiais reciclados e amigos do ambiente. Nós conhecemos e visitamos frequentemente as fábricas que trabalham connosco. Conhecemos de perto as condições de trabalho de todos os envolventes, conhecemos o impacto social e ambiental destes,… Há um role quase infindável de fatores que criam esta sustentabilidade tão falada e que é muito mais do que termos um produto reciclável.

 

A indústria da moda leva a um comportamento consumista.

Sim, muito. Apesar de estarmos a mudar este paradigma, ainda estamos muito longe de conseguirmos mudar todas as mentalidades, porque todos os dias somos inundados com esta vontade de consumir só porque sim. Mesmo as publicidades mais mascaradas incitam as vendas. E aqui nós quisemos mais uma vez diferenciarmo-nos.

Nós não colocámos no mercado mais um produto para ser consumido. A Skizo começou pelo fim, como costumamos dizer. Começamos pelo problema, o plástico no Oceano. Conseguimos descobrir como o poderíamos recolher e depois chegámos ao, como podemos dar-lhe vida.

Começámos por usar o têxtil em sapatilhas por ser um produto que quase todos nós usamos e temos em casa e passaremos para outros tipos de produtos, brevemente, feitos com o têxtil de plástico reciclado recolhido no Oceano. Não temos stock porque não queremos produzir em massa, com todas as consequências que um stock produz, desde impacto ambiental, pressão de vendas e escoar produto, incentivo a vendas e a consumismo. Fabricamos par a par, ao gosto de cada cliente e por ser personalizado não há compra por impulso.
Sapatilhas - SKIZO by iRcycle um projeto de André e Andreia
Sapatilhas – SKIZO by iRcycle um projeto de André e Andreia

 

Programas de apoio nacionais ou parcerias para a SKIZO by iRcycle

Não tivemos qualquer apoio nacional ou parceria a nível financeiro. Fomos eleitos o melhor produto de 2019, pelo concurso Acredita Portugal do Montepio, o que serviu como rampa de lançamento no sentido em que o nosso produto e a pesquisa exaustiva que foi feita, fosse reconhecida e desse credibilidade nacional e internacionalmente. E claro, temos o apoio de todos aqueles que acreditaram desde o início e continuam a apoiar a nossa marca e a nossa causa e que se tornaram verdadeiros embaixadores da Skizo.

Todos devemos ter uma participação ativa e perceber que é grave o que se está a passar com o Planeta e com os nossos Oceanos e que já há situações irreversíveis.

Mas também acreditamos que, sendo o Homem o problema, também é ele a solução.

Portanto passa por todos nós fazermos algo por mudar, estarmos mais atentos ao que compramos e ao que consumimos e termos todos uma voz activa.

Cada sapatilha Skizo retira do Oceano o equivalente a 18 garrafas de plástico. Todo o processo passa pelas mãos de heróis e termina nos pés de heróis.

 

 

Site SKIZO by iRcycle

Linkedin: SKIZO by iRcycle

Facebook: SKIZO by iRcycle    Instagram: SKIZO by iRcycle

Também pode gostar

Deixar uma resposta