Foge comigo! – Guias de Destinos que marcam a diferença

Foge comigo!”,  uma empresa de guias de destinos turísticos nacionais, voa liderada pelo Papa-figos.

Somos apaixonadas pela natureza e por este pedaço de terra que constitui o nosso país. Esta paixão levou-nos a conhecer um projeto que nasceu numa pequena aldeia Beirã e que se propõe levar-nos em viagens pelo país, para que nos deixemos encantar e enamorar.

Com um conceito que nos cativa, a Foge comigo! pretende ser:

 

uma editora de referência no segmento dos guias de destinos turísticos nacionais que contribui para a estruturação da atividade turística, obtendo reconhecimento nacional e internacional.”

 

Porque acreditamos que os Guias de Destinos da Foge comigo!, marcam a diferença, partilhamos esta entrevista com o Papa-figos, líder da equipa, com o objetivo de dar a conhecer a forma inspiradora como se propõe levar-nos em passeio pelo nosso belo país.

 

Quando foi lançado o primeiro guia de destinos da Foge comigo!? Qual a zona de eleição para o lançamento do vosso produto?

O primeiro guia de destinos intitula-se Aldeias do Xisto – A descoberta começa aqui e foi lançado em Fevereiro de 2013, menos de um ano após a génese da empresa. Este é um guia que me é especial por diferentes motivos: por ter sido o primeiro da colecção Foge comigo! – Guias de Destinos; pela minha forte ligação a estas aldeias em concreto; pelo compromisso territorial inicialmente definido pela editora – a nossa prioridade são os destinos turísticos do Interior. Uma vez publicados, a Foge comigo! procura sempre apresentar os seus guias no próprio território por eles abrangido, bem como partilhar negócio com os agentes de cada destino turístico, sendo este mais um dos compromissos assumidos à partida.

 

A empresa está sediada no interior do País e direcionada à produção, edição e comercialização de guias de destinos turísticos do território nacional. Os vossos guias são inéditos, produzidos em exclusividade pela vossa equipa? Como decidem e selecionam as melhores dicas, imagens e informações para ajudar a promover o turismo “cá dentro”?

Sim, são o fruto do trabalho de uma pequena equipa polivalente – é bom que se saiba que os guias chegam ao armazém no reboque de um tractor agrícola. E de lá partirão para os mais importantes escaparates do País. Os guias da Foge comigo! são o resultado dos meus longos voos sobre o território de cada destino. Um luxo que inspira os sentidos. Trabalhar territórios desfavorecidos é um desafio. Cada pista, cada dica tem que ser explorada para dar destaque e valor a esse destino. Depois, cada guia é a voz da nossa alma quando neles apresentamos aquilo que descobrimos.
Colecção Guias Destinos Foge comigo! – já houve muitos guias do Papa-figos que foram oferecidos com belíssimas frases de amor

 

Nos dias de hoje com a facilidade de acesso à Internet, o uso de telemóveis, o Google Maps e a quantidade de blogues sobre viagens, a elaboração deste tipo de guias surge por uma questão de amor pessoal, por considerarem importante o vosso contributo para valorizar o turismo dos destinos do interior e ao mesmo tempo explorar a vertente “negócio”?

Surge por várias razões. A Foge comigo! entende ser importante demonstrar que a partir de uma desconhecida aldeia do interior beirão se pode desenvolver uma iniciativa editorial, de âmbito nacional, equiparável ao que de melhor se faz – em qualquer país da Europa – na vertente de guias turísticos.

Também porque um guia pode ser um embaixador de um território. E neste aspecto empenhamo-nos em evidenciar a diferença, o singular e o genuíno que criam a identidade de cada território.

Nada disto é fácil, mas seria muito mais difícil fazer melhor do que outros já fizeram noutros territórios turisticamente mais conhecidos.
Por outro lado, numa era em que o digital é uma constante do dia-a-dia das pessoas, a Foge comigo! tem apostado na edição de guias em formato de papel, uma iniciativa rara no nosso País. É inegável que o digital é fundamental nas diferentes etapas ligadas à produção e comercialização de um território, porém nunca conseguirá criar os afectos que um livro cria. Um smartphone ou um tablet, com as suas diversificadas aplicações e funcionalidades, serão sempre ferramentas úteis para qualquer viajante. Mas um livro estabelece uma relação sentimental ímpar, ao ponto de ser acarinhado como um fiel companheiro de viagem. Olhar para a estante um mês ou um ano depois de uma determinada viagem e constatar que lá se encontra “o guia” evoca as memórias de um laço afectivo gerado durante um dado momento da nossa vida.

Contrariamente ao que se sucede com os livros em formato digital, já houve muitos guias do Papa-figos que foram oferecidos com belíssimas frases de amor

 

“A nossa linha editorial não quer ser a melhor: apenas quer ser diferente”. O que diferencia os vossos guias de destinos de outros já em circulação no mercado?

Quando estamos a produzir um guia, procuramos estar sempre do lado do utilizador. Folhear um guia de destinos da Foge comigo! é uma experiência lúdica que se baseia em pequenos pormenores que permitem conhecer melhor o destino e sabê-lo relacionar com os aspectos que o caracterizam. Cada guia é um constante desafio para que o próximo saia sempre melhor e cada destino nunca é visto como um mero destino. A aposta em territórios do interior, em oposição a outros destinos mais facilmente vendáveis, também é um dos nossos compromissos e algo que diferencia a linha editorial da Foge comigo! da das restantes editoras.

 

Como surge a ideia do próximo guia de destinos a editar?

O próximo guia resulta das viagens infindáveis que faço pelo nosso País. Dos locais que visito, das pessoas que me recebem, dos pontos de interesse que descubro, das paisagens que me deslumbram, das tradições que me encantam, da História que me conquista. Gosto de me surpreender a cada viagem nova, mesmo em destinos previamente visitados. Gosto de (re)descobertas. A minha próxima viagem é sempre o recomeço da anterior. Parto sem destino de chegada e chego a um lugar de onde nunca quererei partir. Mesmo sem saber qual o território que o meu próximo guia abrangerá, a minha ambição é que um dia a colecção Guias de destinos cubra o mapa português na sua totalidade.
Mapa de Destinos - Foge Comigo - Parto sem destino de chegada e chego a um lugar de onde nunca quererei partir.
Mapa de destinos cronológico – Foge comigo! – Existe um compromisso social de partilha e um estímulo para a valorização do respectivo destino.

 

Depois do guia produzido e colocado à venda, existe alguma política da Foge comigo! para interagir com os detentores dos vossos guias de destinos?

Existe um compromisso social de partilha de negócio com os agentes de cada território e tentativa de estímulo para que a publicação do guia seja apenas um de muitos passos com vista à valorização do respectivo destino. A Foge comigo! procura interagir com os agentes na medida do possível, em prol da estruturação da actividade turística. E depois, claro, gosto de incentivar todos os meus amigos que adquirem guias de destinos a partilhar as suas histórias, seja através das redes sociais, seja através de outro meio de comunicação. No futuro haverá novas formas de os leitores interagirem com a editora e serem peça-chave e parte integral dos guias de destinos. Divulgarei mais informações sobre essa novidade em breve.

 

Para quem se quer iniciar na aventura de descobrir o interior do País seguindo os vossos guias de destinos, qual o destino que sugerem e qual a melhor época?

Qualquer que seja o primeiro destino escolhido será sempre uma óptima opção. As melhores épocas para os visitar variam em função do espectáculo paisagístico associado a cada território ou até mesmo da agenda de eventos desse destino. A última palavra caberá sempre ao viajante.

 

Os vossos guias destinam-se fundamentalmente a uma faixa etária mais jovem ou as famílias e pessoas mais velhas também encontram as informações necessárias para uma viagem memorável, divertida e confortável?

Os guias de destinos destinam-se a todos os aventureiros que sintam vontade de conhecer melhor o nosso País, sejam eles miúdos ou graúdos. Ao longo de cada guia são apresentadas várias sugestões destinadas a diferentes faixas etárias, quer através da listagem de espaços a visitar, quer sob a forma de desafios. Nos guias de destinos também constam alternativas de percurso consoante o meio de transporte escolhido por cada viajante para visitar o destino em questão, seja por questões de acessibilidade ou segurança.

 

Até onde já voou o Papa-figos? Quantos guias de destinos já estão disponíveis na vossa Loja de Destinos?

A Loja de destinos já contabiliza oito guias de destinos – e uma agenda -, visando sobretudo os destinos do interior do País. Desde o início de Outubro deste ano, a Loja de destinos já possibilita o registo de clientes, permitindo que cada leitor se possa tornar num “Amigo do Papa-figos” e assim beneficiar de vantagens exclusivas, incluindo determinadas percentagens de desconto mediante o volume de compras na loja.
Orgulho-me ao saber que os meus guias já voaram para todos os distritos de Portugal, incluindo as Regiões Autónomas de Açores e Madeira. Internacionalmente, já chegaram a mais de 10 países, sendo que 2019 foi o primeiro ano em que a viagem dos guias se prolongou para o outro lado do Oceano Atlântico. Sempre com conteúdo escrito exclusivamente em português.

 

A Loja de destinos já contabiliza oito guias de destinos - e uma agenda -, visando sobretudo os destinos do interior do País.
Floresta de destinos – o projecto que compensa a pegada ambiental da Foge comigo!

 

Em que consiste a vossa Floresta de destinos?

A Floresta de destinos é uma opção voluntária e de princípio e um local para mim muito especial. Este é o projecto que compensa a pegada ambiental da Foge comigo!, derivada das emissões de CO2 geradas pelos trabalhos de produção e edição dos guias de destinos. Cada exemplar da colecção equivale a 1 metro quadrado de floresta com gestão sustentável, ou seja, pela edição de cada título da colecção [supondo uma tiragem de 3.000 exemplares], o projecto garante o crescimento da floresta em cerca de 3.000 metros quadrados. A Floresta de destinos abrange espaço florestal e antigos terrenos agrícolas e encontra-se junto à sede da empresa, no concelho de Santa Comba Dão. É gerida em favor das espécies florestais e arbustivas autóctones, promovendo a biodiversidade e demonstrando o seu valor e sustentabilidade.

1 guia = 1m2 de floresta com gestão sustentável

 

Quais os desafios futuros da Foge comigo!?

Desde que lancei a minha colecção de guias de destinos, a maior ambição sempre foi fazer o pleno de cobertura do interior do País. Esse continua a ser um dos meus maiores objectivos e uma das minhas prioridades. Um outro desafio reservado para a Foge comigo! é a internacionalização dos guias de destinos, conferindo-lhes asas para que estejam disponíveis fora das fronteiras de Portugal, não só na nossa língua materna como noutros idiomas.

 

Que desafio querem deixar aos nossos leitores?

A Foge comigo! continuará a desafiar os seus leitores a estarem dentro dos guias de destinos e apresentará, em breve, alguns desafios exactamente com esse intuito. Até lá, encorajo todos a explorar e a divulgar os destinos do interior do nosso País, de preferência adoptando os meus guias como seus estimados companheiros de viagens pelo… Melhor Destino do Mundo.

 

O Papa Figos que lidera o voo da Foge Comigo é um tipo discreto, de boa apresentação, bom cantante e que gosta de viajar.

 

Quem é o Papa-figos, que lidera o voo da Foge comigo!?

É um tipo discreto, de boa apresentação, bom cantante e que gosta de viajar. Não gosta de poleiro nem de gaiola. Continua a ter várias paixões pelo interior do País.

A equipa é constituída por …

… um conjunto de pássaros que dá asas ao projecto e que se encontra distribuído pelo território continental português – e fora deste –, utilizando as tecnologias de informação e comunicação para constituir a sua rede de trabalho.

 

 

Nota: 

O entrevistado opta por responder segundo a grafia antiga – “os guias de destinos assim são redigidos”.

 

 site:  www.fogecomigo.pt 

Facebook: Foge Comigo

Instagram

Loja de destinos

Também pode gostar

Deixar uma resposta