AMAR (TE)

 

Amor apetece-me falar de amor
Aquele amor proibido para uns
Quiçá não proibido para outros
Que nos toca sem medo
Aquele “amor-perfeito” tão perfeito
Que simplesmente ama e ponto

Amor apetece-me falar de amor
Tu és o meu amor, só tu e eu. Nós!
É um amor infinito, um grande amor
Sem olhar a status sem imposições
Um amor real, verdadeiro
Sem punição nem julgamento

Amor apetece-me falar de amor
Aquele que ambicionamos ter nas nossas vidas
Que todos desejam viver, sentir
Vivenciar um amor absoluto, inteiro
Que nos torna completos e vivos
Prontos a amar e a receber amor

Amor apetece-me falar de amor
Amar como só eu sei amar
Tenho em mim o maior dos sonhos
Viver o amor, sejas tu o que fores
Consigo ouvir o teu coração
Beija-me como se não fossemos efémeros

Amor apetece-me falar de amor
Agora sei o que procuram os teus olhos
Onde tocam as tuas mãos. Eu, nós…
Sorrimos em silêncio. Imagino-nos assim
Apenas somos. Abraçamos o amor
As palavras nada acrescentam. Estamos prontos!

Amor apetece-me falar de amor
Um dia abriste o teu coração
E deixaste-me entrar. Aí quero permanecer
Acordas em mim o melhor que sou
E eu passo a ter mais um motivo para amar
Esse motivo és tu. És a minha escolha AMOR!

Autor: Hucilluc – D.

 

Agradecimento

Crédito 📷 : M.Setas

Imagem de destaque: Mural fotomosaico do beijo, situado na Plaza de Isidre Nonell, na Ciutat Vella de Barcelona. Realizado pelo fotógrafo Joan Fontcuberta e o ceramista Antoni Cumella em 2014

 

Também pode gostar

Deixar uma resposta