Mãe Minha, Minha Mãe

Advertisements

O Hucilluc deseja a todas as Mães do Mundo um dia especial repleto de ternura e de amor. Ao mesmo tempo, pretende presentear e convida a partilhar um poema exclusivo e cheio de sentimentos, com as mulheres mais importantes das nossas vidas.

Mãe Minha, Minha Mãe

 

Oh Mãe minha, minha mãe sem medo
Que medo eu tenho sem ti por aqui
Da vida, medo eu tenho, mãe minha
Vem cá, abraça-me como fazias outrora
E sem medo eu viverei se contigo
a meu lado, minha mãe sem medo
Oh Mãe minha, minha mãe sem medo
Tudo em ti vive em mim
O teu cheiro, a tua força, a tua coragem,
o teu sorriso, a tua alegria, a tua paixão,
o teu amor, por nós, pelos outros,
pela terra e pela vida, minha mãe sem medo
Oh Mãe minha, minha mãe sem medo
Quando pequena recordo
Se medo eu tivesse até ti corria, mãe minha
Nunca me dececionavas, expulsavas o mal
Repousando o teu olhar nos meus olhos
Enquanto dizias – Não receies filha sem medo
Oh Mãe minha, minha mãe sem medo
Hoje pergunto-me – Qual seria o teu segredo?
Mesmo quando fazia asneiras
Amavas daquele jeito tão delicado
E sem dizeres dizias
Perdoo-te filha minha sem medo
Oh Mãe minha, minha mãe sem medo
Partiste, senti a solidão
como se perdesse parte de mim
Senti medo de ficar só sem ti,
sem o teu colo, mãe minha
Tu tão distante. Tão livre, minha mãe sem medo
Oh Mãe minha, minha mãe sem medo
És a minha estrela no céu,
Nesse infinito te vejo, mãe minha
Dançando e velando por todos nós
Sinto o beijo, enquanto a saudade espreita
Sem medo, EU viverei em ti, minha MÃE

Hucciluc, D.

Também pode gostar

Leave a Reply