Com que Voz – Celebrando o dia da Liberdade

Com que voz - Amália Rodrigues

“Com que Voz”, foi a nossa escolha para celebrar o dia da Liberdade -25 de Abril – prestando homenagem a duas grandes figuras portuguesas: o poeta Luís Vaz de Camões e a diva do Fado Amália Rodrigues. Foi Alain Oulman, um dos grandes compositores de fado, que musicalizou a poesia de Luís de Camões, para a transformar magistralmente para a voz de Amália Rodrigues.

Estamos ainda, a viver um período de isolamento social, como forma de cuidarmos de nós e dos outros, numa época de emergência sanitária devida ao Covid19. Assim, como não devemos acorrer à rua para celebrar o dia em que a Liberdade amanheceu em Lisboa, fiquemos em casa ouvindo música portuguesa e ganhando esperança em dias mais leves e livres.

 

“Com que voz chorarei meu triste fado…”

Cravos em celebração do dia da liberdade - Com que voz - Amália Rodrigues e Luís Vaz de Camões

Com que voz

.

Com que voz chorarei meu triste fado,

que em tão dura paixão me sepultou.

Que mor não seja a dor que me deixou

o tempo, de meu bem desenganado.

.

Mas chorar não se estima neste estado

aonde suspirar nunca aproveitou.

Triste quero viver, pois se mudou

em tristeza a alegria do passado.

.

Assim a vida passo descontente,

ao som nesta prisão do grilhão duro

que lastima ao pé que a sofre e sente.

.

De tanto mal, a causa é amor puro,

devido a quem de mim tenho ausente,

por quem a vida e bens dele aventuro.

 

Com que voz - Amália Rodrigues

 

 

Ouça Aqui “Com que Voz” na voz de Amália Rodrigues

 

Também pode gostar

Leave a Reply