O mar e as criaturas marinhas na visão dos artistas

Obra de Marcia Dias
Publicidade

O mar e as criaturas marinhas são fonte de inspiração para muitos humanos e em especial para os artistas. Ontem, dia 24 de agosto, celebrou-se o dia dos artistas. Hoje, porque é verão e os dia quentes levam-nos para junto do mar, celebramos artistas nossos conhecidos, fazendo um elogia à arte e ao mar, apelando para a necessidade da sua preservação.

Não podemos esquecer a estreita dependência que os seres humanos têm do mar e a importância estratégica e económica que o mar tem para os países costeiros e para os seus habitantes, nomeadamente para Portugal. Não podemos ignorar o papel do mar no suporte à vida no Planeta e que esse papel está seriamente afetado pelos impactos negativos da sua exploração e pelas alterações climáticas.

É neste contexto, que convidamos os nossos leitores a apreciarem as obras de arte que aqui apresentamos, conscientes não só da importância da arte, mas também, da necessidade de contribuição para a conservação do oceano.

 

O mar e as criaturas marinhas na visão da artista plástica Maria Amélia Ramos -MAR
Sempre me revi no mar, na sua cor, na sua sonoridade, no seu movimento, enfim na sua transbordante beleza. As coisas incompletas, os segredos por revelar, fascinam-me…as interrogações sobre o que se passará nas profundezas dos mares levam-me a imaginar seres misteriosos que por lá terão o seu habitat. Escolhi MAR como identificação muito cedo, era belo e suficientemente misterioso, desconhecia-se o nome e o sexo do autor e isso agrada muito na adolescência. Anos mais tarde, decidi regista-lo.

 

 

Onda

 

 

José Henrique Prado, o mar e as criaturas marinhas
O modo como observamos o mundo mudou ao longo dos tempos. Numa perspetiva humana, entendo que a eternidade existe enquanto somos lembrados. Do ponto de vista artístico nunca coloquei a questão da eternidade, mas olhando para história da arte (não que pretenda fazer história, de todo!), os gostos mudam e a noção de intemporalidade também.

 

As cores do mar

 

Uma artista que se inspira no Mar Português – Maureen Simpson

I have painted in themes since I came to Portugal, I started with the lagoon, reflections and the sky. I then went onto sand patterns and light and shade, then I tackled the waves and the sea. There are other paintings which catalogue my travels as mentioned above.

Ondas do mar da pintora Maureen Simpson
A pintora Maureen Simpson – Ondas do mar

 

O movimento da água  e a lagoa de Óbidos como fonte de inspiração da artista MariAn Simpson

I particularly enjoy the life and movement to be found on the lagoon where the light is always changing. I also love to see people in my paintings as they go about their chosen work or pastime. When I can, I also love to embrace the challenge of trying to capture the special beauty of the flamingos on the lagoon. I couldn’t believe that they actually exist here and I find them totally fascinating.

 

Por do sol na lagoa
Sunset on the lagoon de Maureen Simpsom. A nostalgia de um lindo por de sol em terras portuguesas.

 

 

Parabéns aos artistas que com as suas obras nos mostram as maravilhas do mar e das criaturas marinhas.

 

A imagem de capa deste artigo é uma obra da artista Márcia Dias

Consulte nos links que seguem as entrevistas dos artistas aqui referenciados e aprecie as suas obras

 

À conversa com Maria Amélia Ramos – A artista plástica MAR

 

 

À conversa com José Henrique Prado, artista plástico.

Maureen Simpson – Painter

MariAn Simpson – Painter

 

À conversa com Márcia Dias, artista plástica

Também pode gostar

Leave a Reply