Olhando para o ano que agora termina

Naquela aurora

Era manhã cedo. Acordara como se fosse dia de “trabalho”. Não havia necessidade … Era fim-de-semana. Dois dias de descanso. Ainda mal nascia o dia e já os meus pensamentos rolavam a mil à hora.

Ora observava os meus pensamentos com o olhar do passado ora voltava ao presente com os olhos do futuro. Grande inquietude matinal. A escrita chamava-me, senti-me invadida por uma avalanche de sentimentos que queria partilhar no meu nosso blogue.

Um aniversário a olhar para o futuro

Eis o que a Donna refletia…

Foi há um ano que tudo começou. Com sonhos comuns uniram-se vontades e um blogue nasceu.

Com o passar da vida, não queria ter aquela sensação de não ter alcançado nem metade daquilo que um dia sonhei. Não quero ser “conhecida” mas também não quero passar “despercebida”. Quero deixar o meu testemunho da minha passagem por este mundo.

Estou naquela idade em que sou nova demais para ser velha e velha demais para ser nova. Mas quero ser e acima de tudo fazer acontecer vivências.

E avancei! O início requer, sem sombra de dúvidas, muita persistência. Tudo era novo – o blogue, a equipa, as sensações, os sentimentos, a informação, … a escrita.

A escrita

Neste processo de produção de escrita comecei muito timidamente, claro, com pequenos artigos cujos assuntos, por este ou aquele motivo, prenderam a minha atenção. Mas não estava satisfeita. Procurava conteúdos surpreendentes, originais, criativos e inovadores. Queria descobrir pessoas com histórias ricas e inspiradoras que Aqui e Ali nos ligassem ao que nos rodeia – o lema do nosso blogue!

Vivia uma constante curva de aprendizagem. Mas a evolução faz parte do homem. É necessário conhecimento, reconhecer o valor de uns e outros e investir na partilha, para chegarmos a nós e aos demais.

O poder da informação na era digital obriga a uma maior responsabilidade de atuação. Era necessário garantir os níveis de qualidade e refletir inspirações. Esse era o nosso compromisso!

Nas conversas com …

… soltaram-se entrevistas. Qual a estratégia utilizada? Simples! Queríamos um fator diferenciador e potenciador de “vidas” e “pessoas” que merecem destaque pelo papel fundamental que podem desempenhar ao inspirar os outros com as suas histórias de vidas inspiradoras. E assim surgiram “Á conversa com …”!

A vida encarrega-se de trazer para a frente pessoas desconhecidas até então mas que se vão cruzando no nosso caminho. Algumas tão ricas de histórias que trazem luz que nos ilumina e a entrevista acontece. Simples assim!

Olhei de novo para o presente e de um esgar do passado fez-se um sorriso. Não existem limites para os nossos sonhos. Transformei um sonho em realidade. Mesmo que outros não queiram saber o que penso ou como penso … Ainda aqui estou e a Donna também.

Isto é a vida do blogue Hucilluc – Aqui e ali liga-nos ao que nos rodeia!

Faz como nós – Escolhe viver uma vida extraordinária! E Faz Acontecer o que tu quiseres para a tua vida! Acredita, tem confiança que vai tudo correr bem, reforça as tuas ações rumo aos objetivos e realiza os teus SONHOS.

D.

Também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *