À conversa com Paula Marques, a Obistyle – peças de roupas medievais

A marca Obistyle de Paula Marques, é de peças de roupa únicas inspiradas nos trajes medievais. Paula Marques deixa-nos o desafio de nos trajarmos a rigor e deixarmos que o sonho nos leve a assumir personagens de outros tempos, personagens de guerreiros, de vikings e de princesas. Diz-nos com graça:

“Aprecio esse tipo de trajes, se calhar fui guerreira noutras vida.”

 

Ninguém gosta de tristeza – Inspire-se nesta experiência de vida de Paula Marques, visite a sua loja, escolha o seu traje da Obistyle, vista-se a rigor e vá “aos encontrões atrás da alegria” Carnaval, de Álvaro de Campos.

Paula Marques, a Obistyle

 

Paula Marques, fale-nos um pouco de si e como surge o gosto pelo trabalho de figurino de roupas sobre a idade média?

Eu sempre gostei muito de brincar ao carnaval, quando surge o mercado medieval em Óbidos achei que tinha a oportunidade de poder brincar ao carnaval duas vezes ano, faço voluntariado nesse mercado desde a 1ª edição, a maioria dos participantes inclusive eu queriam roupas de realeza e burguesia, com o passar do tempo comecei a achar alguma piada ao povo e alguma caracterização que ajudava nas personagens, achei também que faltava um bocadinho de Guerreiros (princesa Xena) e vikings com a ajuda de uma amiga surge o nosso primeiro fato de princesa Xena inspirado no que ela usava. E assim começou, desde então aprecio mais esse tipo de trajes (se calhar fui guerreira noutras vida Hahahahaha).

 

Quando percebeu que queria enveredar pela criação de coleções de roupa?

Não sou e nem quero ser designer de moda, apenas comecei a construir algumas peças para mim e para amigos e sinto-me bem assim a “fazer coisas”, o meu objetivo não é criar coleções, mas sim ir fazendo peças diferentes de vez em quando e ir acrescentando ao que já fiz. Vou fazendo pesquisas e aproveito sempre essa base para criar peças novas, não lanço coleções, mas sim peças diferentes de quando em vez.

 

Do gosto pelo trabalho de figurino de roupas sobre a idade média, à criação da marca, a Obistyle, como surgiu a ideia e a concretiza? Quando decide lançar a marca?

O facto de confecionar peças fez-me pensar, porque não criar uma marca com coisas minhas e mostrar o que tenho aos outros e, por coincidência, estávamos em abril. Óbidos ia ter o Mercado medieval em julho e achei que fazia sentido.

 

O que sentiu quando finalmente deu nome ao seu sonho e um projeto incrível – a Obistyle – nasceu?

Não é fácil descrever, essas coisas sentem-se, naturalmente muita alegria, sentia que as pessoas todas que envolvi estavam comigo de coração e estavam também muito empenhadas pois gostavam do que viam. Tive apoios únicos na criação da Marca, na ajuda do logo… pessoas que acreditavam.

Um projeto incrível de roupas medievais - a Obistyle

 

Paula Marques, como define as suas peças de roupa?

Únicas e diferentes

Como se inspira para criar as peças de roupa? Segue os modelos tradicionalmente usados pela nobreza na idade média? ou esses modelos servem apenas como inspiração e produz as suas peças de modo original?

Faço pesquisas, dai sai a ideia base, depois ponho o meu gosto pessoal tentando sempre seguir uma linha do que se usava nessa altura. Para tornar as peças mais acessíveis, uso muito as napas, peles sintéticas, mas também uso cabedal e alguns tecidos mais rústicos (pano crú e linho).

 

Qual é o seu mercado? Associações, particulares, teatros …, quem procura este tipo de roupa e onde se podem adquirir as suas peças?

O meu mercado é para privados, mas gostaria de ter outros. Neste momento em Óbidos, tenho uma loja onde coloco as minhas peças e utilizo também o facebook. Irei ter um site, aguardo a publicação da minha página a qualquer momento.

 

Qual a área onde gosta mais de atuar ou qual o trabalho que mais a completa como mulher e criadora?

Adoro crianças

 

Fazendo jus ao encanto especial que sente pelas crianças, Paula Marques tem realizado passagens de modelos especialmente dedicados às crianças.

 

Como vê o futuro da marca, a Obistyle?

O futuro da Marca tem que ser paciente, pois está direcionada para um nicho de mercado, é preciso ser persistente e esperar pelo crescimento, essencialmente porque não tenho um ponto de venda como gostaria. No futuro quero ter um espaço onde possa ter tudo exposto e as pessoas me possam ver trabalhar ao vivo.

 

 

Página do facebook de Obistyle

 

 

“CARNAVAL

A vida é uma tremenda bebedeira.

Eu nunca tiro dela outra impressão.

Passo nas ruas, tenho a sensação

De um carnaval cheio de cor e poeira…

 

A cada hora tenho a dolorosa

Sensação, agradável todavia,

De ir aos encontrões atrás da alegria

Duma plebe farsante e copiosa…”

…………….

CARNAVAL, de Álvaro de campos.

 

Também pode gostar

Deixar uma resposta