Rota dos néctares

O nosso pequeno país, a nação mais a ocidente do continente europeu, constitui um território privilegiado pela sua localização e grande diversidade de ambientes geográficos naturais, cada um com características muito próprias, desde as zonas montanhosas do Minho, passando pelo Douro, até às planícies Alentejanas. Em cada uma destas regiões face às características do solo, exposição solar e humidade produzem-se vinhos de qualidade excelente e internacionalmente reconhecida.

Neste ambiente propício uma das actividades turísticas, que se baseia na viagem motivada pela apreciação do sabor e aroma dos vinhos nos locais de produção imbuídos das tradições e cultura próprias de cada região, são as provas de néctares de uva.
Partimos então, numa viagem que se anuncia aprazível motivada pelo aroma e sabor de um bom vinho num ambiente cheio de tradição e fomos visitar o Enoturismo Cartuxa. Salienta-se que a marca Cartuxa, da Fundação Eugénio de Almeida, foi distinguida com o selo Superbrand 2017 portuguesa, pelo sexto ano consecutivo por esta organização internacional.

IMG_6490_png
Nesta quadra natalícia como em outra época do ano, conseguimos saborear a história da Adega Cartuxa inserida na Quinta de Valbom. A história dita mudanças inexplicáveis mas a família Eugénio de Almeida permitiu a reinstalação de monges, no Convento da Cartuxa, para perdurar o silêncio, o culto e uma especial espiritualidade. Neste espaço conseguimos ouvir sons de adoração dos monges e acreditamos que as suas histórias sejam diferentes das nossas vivências. Em comum temos o prazer de nos ligarmos a tudo o que nos rodeia neste ambiente místico, e saborear o néctar, ou melhor, o vinho com as suas diferentes castas e que nos faz sentir purificados. As barricas que armazenam o vinho por um período de estágio conferem uma qualidade ao vinho que gostamos de brindar. Damos os parabéns aos que, desta forma, nos permitem viagens ímpares.

Um passeio por Évora permite-nos deslumbrar destes encantos e conhecer as castas Aragonês, Trincadeira, Castelão e castas alentejanas Roupeiro, Antão Vaz e Arinto que dão personalidade aos nossos vinhos da Cartuxa.

Brinde ao que é genuinamente nosso e de qualidade – “A inspiração bebe-se”.

Também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *