Salvar a Beleza – Catherine Morisseau

Publicidade

Salvar a Beleza pois, conforme diz Catherine Morisseau, “Se a Beleza salvar o mundo, salvemos então a Beleza!“. A fotografia e a música são duas das paixões da pianista Catherine Morisseau, nas suas palavras:  

“as minhas fotos têm algo de musical, e a minha música tem algo de visual, e que ambos têm muito de cinematográfico”

 

O processo criativo, para Catherine, concretiza-se com o produzir algo poético, imperfeições voluntárias e assumidas, um certo “ruído” textura visual e musical que também faz parte do seu conceito e que traz um olhar/ouvido inovador, renovador…

A inspiração nas imagens captadas pela câmara de Catherine Morisseau, levou-nos ao poema “Floresta” de Sophia de Mello Breyner Andresen que se ajusta ao olhar poético que a artista faz refletir no seu trabalho.

Salvar a beleza e salvar a floresta
Se a Beleza salvar o mundo, salvemos então a Beleza!

FLORESTA

Entre o terror e a noite caminhei
Não em redor das coisas mas subindo
Através do calor das suas veias
Não em redor das coisas mas morrendo
Transfigurada em tudo quanto amei.

 

Entre o luar e a sombra caminhei:
Era ali a minha alma, cada flor
– cega, secreta e doce como estrelas –
Quando a tocava nela me tornei.

 

E as árvores abriram os seus ramos
Os seus ramos enormes e convexos
E no estranho brilhar dos seus reflexos
Oscilavam sinais, quebrados ecos
Que no silêncio fantástico beijei.

 

Sophia de Mello Breyner Andresen

 

Saiba mais sobre Catherine Morisseau:

À conversa com Catherine Morisseau, pianista e não só!

facebook: https://www.facebook.com/Catherine-Morisseau-128609743911454/

instagram: https://www.instagram.com/catherinemorisseau/

Também pode gostar

1 comentário

Leave a Reply