O fumeiro!

Numa manhã de Inverno, no norte do nosso país, procurámos por umas alheiras da terra. Queríamos produtos regionais e artesanais, experimentar uma nova sensação de sabores feitos pelas pessoas com carinho e gosto em servir os outros.

 
 

Encontrámos uma senhora tão carinhosa que nos mostrou o local do fumeiro. Fiquei espantada pela obra de arte de cada peça e sabia que era um espaço acolhedor onde o calor que se sentia junto à lareira me fazia permanecer e ouvir as palavras sábias de quem trabalha diariamente na sua casa. Após a nossa compra de quinze alheiras, mais salpicão e chouriços fomos convidados a comer uma alheira, um pedaço de entrecosto e chouriço naquele fumeiro típico. Saímos com o estômago composto e o coração grato pela generosidade e simplicidade daquela senhora.

O acompanhamento com pão foi a nossa refeição! Parecia que estava em casa com uma avó que cuidava de mim, explicava-me a sua obra e dava muita atenção à minha degustação, feliz por me ver comer com prazer.

 
 


Foi um momento memorável na Bina – Cozinha Regional em Vimioso, é muito bom constatar que as tradições mais genuínas perduram  nos dias de hoje.

Também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *