Uma visita à Madeira!

A ilha da Madeira surpreende qualquer visitante com as suas maravilhosas paisagens. Bem como com as tradições, surpresas e gastronomias locais.

Definitivamente, o clima deste destino português privilegiado é propício às caminhadas nos seus trilhos. Assim como, aos banhos a desfrutar no Oceano Atlântico.

Afinal, o objetivo é desfrutar de locais especiais e de sonho com tradições gastronómicas. Portanto, a ilha situada no oceano Atlântico possui uma qualidade irreverente para qualquer visitante.

Tanto quanto sabemos, qualquer altura do ano é propícia para desfrutar da sua viagem. Além disso, tem uma oferta de locais a visitar. Ainda mais que, alguns pode-se percorrer a pé para apreciar a flora e a fauna circundante.

Contudo, não faltam igrejas, miradouros, jardins, zonas balneares mesmo em piscinas naturais, levadas, vistas vertiginosas, montanhas, encostas, vales e quedas de água.

A beleza singular é revestida de paisagens deslumbrantes e que nos alegram a alma.

Os madeirenses, já habituados aos visitantes, organizam festividades e arraiais tradicionais por toda a ilha, durante o ano!

Por exemplo, um dos eventos anuais da ilha é o espetáculo de fogo de artifício no réveillon com efeitos memoráveis. Apenas, quando é lançado na passagem para o novo ano!

De seguida, apresentamos uma lista de locais a visitar:

  • Cidade do Funchal;
  • Levadas do Caldeirão Verde, do Furado, do Alecrim;
  • Lagoa do Vento;
  • Caldeirão do Inferno;
  • Picos do Areeiro, Ruivo, Torres e do Maciço Central;
  • Piscinas vulcânicas da Costa Norte;
  • Ponta de São Lourenço;
  • Miradouros da Eira do Serrado, do Cabo Girão, do Ninho da Manta e dos Balcões;
  • Curral das Freiras
  • Vila piscatória de Câmara de Lobos;
  • Ribeira Brava;
  • Túnel da Encumeada;
  • São Vicente;
  • Porto Moniz;
  • Ponta do Sol;
  • Serra d’Agua;
  • Calheta;
  • Mudas – Museu de Arte Contemporânea;
  • Casas de Santana;
  • Praia do Caniçal;
  • Vereda de São Lourenço.

 

“Não se pode amar ou odiar quem não se conhece ainda.” 

Leonardo da Vinci

Também pode gostar

1 comentário

Leave a Reply