Amizade, Sandra Ramos

3 rosas, três amigas

Amizade, uma palavra que só pode ser dita e escrita quando em nós nasce um sentimento terno, intemporal e sem prazo de validade, conforme nos diz a autora, a nossa querida amiga Sandra Ramos, neste poema. Um belo hino à amizade!

Um poema que aplicamos a nós, que somos três amigas juntas no propósito de, através deste blog Hucilluc- Aqui e Ali, Liga-nos ao que nos rodeia, projetarmos aquilo que somos, aquilo com que nos identificamos, dando voz a tantas outras pessoas inspiradoras, expondo locais, falando de projetos ímpares, e outros textos que cremos serem uma forte motivação para aqueles que nos seguem na busca de uma vida plena e em harmonia com tudo o que nos rodeia.

Sandra Ramos aqui fica a nossa gratidão, uma gratidão que é estendida a todos os que acreditam na partilha e que têm contribuído com entrevistas e textos vários, para o sucesso deste Blog porque juntos, vamos mais longe.

Muito obrigada a todos os nossos entrevistados e amigos, artistas plásticos, poetas, escritores e todos os outros que, no blog Hucilluc, partilham os seus projetos e vidas ímpares.

 

AMIZADE

Três amigas,
três corações num só,
donzelas cuidadosamente apetrechadas num espaço idílico!…
Mais um encontro, mais uma viagem no carrossel!
Sorrisos, cumplicidade e muito Amor são as palavras de ordem!
A Mosqueteira Mor guia as restantes,
as indicações dadas são cumpridas com rigor,
flores do mesmo jardim caminham numa só trajetória e
as gargalhadas giram como átomos em trajetórias definidas e audazes!
Há sempre tanto tanto por partilhar,
as consoantes e as vogais dançam ao som das vozes platinadas das donzelas!
Rendidas à música, juntas vagueiam com os seus vestidos ceifados da loucura incandescente e …
num único respirar fogoso partilham e guardam segredos!
São elas – as três Mosqueteiras – e gritam no eco que as une, o bem mais precioso: a Amizade!
Perfumadas, confidentes e volvidas na bruma,
seguem de mão dada e bebem da mesma água confidente!
Naquele preciso momento, é esculpida a raiz da Amizade!…
Seguras e numa profunda convicção,
acarinham a sua flor e sonham com o seu despertar!
A noite já vai longa e são assoberbadas pelo cansaço!…
Despedem-se num único abraço e gritam: “Uma por Todas e Todas por Uma!”.
Num sono profundo e aprisionadas pela Amizade, ondulam na madrugada e …o tempo para, os pedacinhos de
felicidade são meticulosamente guardados no baú das memórias! …
Amizade Terna, intemporal e sem prazo de validade! O tesouro mais precioso que nos une!

.

Sandra Ramos,
Memórias de um tempo enfermo e Infinito: Diário Epidémico
Chiado Editora
Depois de Tudo de Sandra Ramos
A Autora Sandra Ramos

Da autora Sandra Ramos pode ler:

Depois de Tudo, Sandra Ramos

Noite Revolta, de Sandra Ramos

Mulher Africana – de Sandra Ramos

A Arte – Em celebração do Dia Mundial de África – Poema Mãe África

À conversa com …. Sandra Ramos, escritora

 

Página do Facebook de Sandra Ramos

Também pode gostar

Leave a Reply