DEPOIS DE TUDO, de Sandra Ramos

Depois de Tudo de Sandra Ramos

Em “Depois de Tudo” a autora Sandra Ramos, de uma forma apaixonada e sentida, dá-nos um caminho para uma reflexão sobre o que fica em nós depois de passado o amor, a festa da vida, a madrugada, o renascer, o prenuncio da solidão…

No nosso silêncio, seguimos sem destino,
embarcamos no beijo cálido, tracejado no olhar… e.…,
Depois de tudo… no NADA, tracejamos um destino incerto na certeza que ambos desejamos: a União das Nossas Almas!”

 

 

DEPOIS DE TUDO

 

Depois de tudo… já dizia Fernando Pessoa!

Depois de tudo, chega o vazio semblante da noite,
depois de tudo, nós, um ser fundido num único abraço,
depois de tudo… juntos estamos, dormentes na excelsa madrugada inóspita…!

O AMOR, não o fingimos…sentimos…!
Saboreamos o paladar salpicado das nossas gotas esvoaçantes.
No olhar extenuante, procuramos a Paz silenciada e embarcamos no veleiro incendiado de desejo.

Desejo fustigado de dores passadas,
crenças noturnas rendilhadas em purpurinas,
promessas religadas no odor partilhado,
sombras insulares espelhadas no chão!

Somos o poema da solidão anunciada,
a verdade transbordante do nosso tocar e,
a loucura incandescente da ferida sarada!

Depois de tudo, renasce o NADA, o vazio da intempérie passada;
o renascer das vogais ternas ditas em surdina.

No nosso silêncio, seguimos sem destino,
embarcamos no beijo cálido, tracejado no olhar… e.…,
Depois de tudo… no NADA, tracejamos um destino incerto na certeza que ambos desejamos: a União das Nossas Almas!

 

Da autora Sandra Ramos pode ler:

Noite Revolta, de Sandra Ramos

Mulher Africana – de Sandra Ramos

A Arte – Em celebração do Dia Mundial de África – Poema Mãe África

À conversa com …. Sandra Ramos, escritora

 

Página do Facebook de Sandra Ramos

 

Também pode gostar

1 comentário

Leave a Reply